Dicas Saúde
Tensão em jogos de futebol pode causar o “bruxismo em vigília”
5 de julho de 2018
0

Esse é um hábito muito comum na vida de muitos brasileiros, mas não é nada saudável – o bruxismo acontece quando rangemos os dentes de forma involuntária, principalmente durante a noite.

O problema é mais frequente nos adolescentes, ainda que adultos sofram com isso também.

No curto prazo, quem sofre com o bruxismo não percebe os efeitos negativos que ele pode causar.

Só que ao longo do tempo, isso pode causar fortes dores de cabeça, dores na mandíbula e no ouvido também. Em casos mais acentuados, o bruxismo pode causar também a ruptura dos dentes.

E nessa introdução falamos muito sobre o bruxismo, sendo que boa parte disso tudo você já sabia.

O que você ainda não sabe é justamente o que vamos falar a partir de agora, que é sobre o bruxismo em vigília, que é um transtorno psicossomático que vale a pena ser analisado.

Para facilitar o seu entendimento sobre tudo que é importante saber neste artigo, separamos as partes abaixo em grandes tópicos, sendo: o que saber sobre o bruxismo, o que é o bruxismo em vigília e os tratamentos mais eficazes para o bruxismo.

Ah, é justamente no decorrer desses tópicos que você vai entender os motivos que provam que a tensão em jogos de futebol pode sim causar esse tipo de bruxismo e, no decorrer do tempo, valsar rupturas nos dentes.

O que saber sobre bruxismo?

É uma doença que pode aparecer em qualquer momento da vida, ainda que a maioria dos pacientes tenha entre 17 e 20 anos. Quanto ao fim do problema pode acontecer sem tratamento ou pode durar vários anos acentuando os problemas.

O mais recomendado é fazer tratamentos eficazes para acabar com o problema rapidamente e evitar qualquer tipo de dano.

E como tratar o bruxismo? Bom, o ideal é identificar a causa dele.

E é aqui que você vai começar a entender a relação com a tensão que acontece durante os jogos da seleção ou outros da Copa do Mundo, o maior evento esportivo do mundo.

Isso porque a teoria mais aceita é aquela que assinala o estresse como desencadeador do bruxismo.

O bruxismo de vigília – tem muita coisa que você ainda não sabe

Muitas pessoas esfregam ou apertam muito forte os dentes quando estão sob pressão, seja no trabalho ou na universidade, na escola, na reunião de família, ao ver um filme, uma série, ler um livro…

Se isso acontece com você também, saiba que está totalmente relacionado com o estresse no trabalho e os problemas pessoais e resulta no bruxismo de vigília, que nada mais é do que um tipo de bruxismo diurno.

Primeiro vamos entender porque o bruxismo é considerado um transtorno psicossomático!

O hábito de ranger os dentes é a forma que muitas pessoas encontram para descarregar as tensões causadas pelas obrigações ou pelos problemas cotidianos.

E por que é importante saber disso? Porque muitas pessoas pensam que por se tratar de uma doença dos dentes, para tratar o bruxismo basta ir até o dentista anualmente.

Só que o mais correto é ir também a outros profissionais da saúde, como os psicólogos.

De modo geral, o odontologista se encarregará de melhorar ou tratar os dentes gastos, que foram prejudicados, que sofrem rupturas ou que estão com problemas ainda maiores.

Já o terapeuta vai ajudar o paciente a encontrar o motivo da aparição deste hábito.

É importante saber que a pessoa que tem este transtorno do bruxismo em vigília não faz isso de forma consciente e, por isso, muitas vezes não conseguem entender as causas que o provocam.

Entendeu por que a tensão dos jogos de futebol pode causar o bruxismo em vigília?

Toda atividade que te deixa estressado, nervoso ou ansioso pode causar isso… E se você não tratar o resultado será cada vez pior.

Pesquisa

Na universidade do Chile pesquisaram sobre a incidência  do bruxismo na vida e constataram que a doença pode permanecer por vários anos e vai depender da gravidade das tensões.

A boa notícia é que uma vez que é detectado por um familiar ou amigos ou mesmo pela pessoa afetada, o paciente consegue passar as informações aos médicos que podem analisar os melhores tratamentos.

Os tratamentos para a prevenção do bruxismo

Existem muitas maneiras de tratar o bruxismo em vigília, sendo que a ideia é sempre reduzir os fatores que geram a tensão. Então, selecionamos algumas opções, confira agora.

Tratamento Odontológico

Os dentistas são responsáveis por aplicarem padrões de mordida.

Existem, por exemplo, objetos que são colocados no momento de se deitar e a única coisa que ele faz é evitar que os dentes quebrem ou se danifiquem.

No entanto, isso não elimina o hábito e por isso é tão importante optar por outros tratamentos também.

Tratamento Psicológico

Uma mudança de atitude diante dos problemas ou das obrigações é o primeiro passo para evitar este hábito que causa problemas à saúde.

Tratamento Farmacológico

Em casos de bruxismo e estresse extremos, os médicos usam tranquilizantes ou relaxantes musculares, assim como também, ansiolíticos.

Tratamento Físico

Deve acontecer quando os incômodos faciais são muito fortes e os dentes ficam muito doloridos.

O terapeuta pode oferecer massagens ou técnicas de relaxamento para o pescoço e a cabeça.

É outro tratamento paliativo, mas não preventivo para o bruxismo.

Tratamento com a Acupuntura

A terapia que usa pequenas agulhas para melhorar certas emoções ou canalização de energia pode servir para relaxar o paciente e evitar que ranja os dentes enquanto dorme.

Tratamento de Relaxamento

A ioga, a meditação ou o tai chi podem ser grande utilidade para alguém que sofre de bruxismo.

Estas disciplinas relaxam o corpo, acalmam a mente e diminuem o estresse, os nervos e ansiedade.

Mudança de Hábitos

Por último, para prevenir novos episódios de ranger os dentes, podemos: praticar esportes para induzir o sono mais profundo, dormir um pouco a tarde, realizar atividades recreativas, diminuir o consumo de cafeína, tomar banhos relaxantes à noite e aplicar calor úmido no rosto e no pescoço.

Lembre-se que não existe aquele tratamento para o bruxismo que é melhor do que o outro. O fato é que sempre vai existir um que é ideal para você, portanto, consulte sempre um médico especialista que possa te auxiliar nessa tomada de decisão.

Itens relacionados

Descubra por que a Primavera é a estação da alergia

Esse é um hábito muito comum na vida de muitos b...

Leia mais
Como fazer inalação com soro fisiológico em bebê [Passo a Passo] (2)

Cuidados no Inverno: proteja a criança da Bronquiolite em 5 passos

Esse é um hábito muito comum na vida de muitos b...

Leia mais

Qual a melhor forma de repor cálcio? 4 maneiras recomendadas pelos médicos

Esse é um hábito muito comum na vida de muitos b...

Leia mais

Há 0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *